(51) 3340-2999 (51) 99311-2889
BLOG
Voltar

De Férias com o Pet!

De Férias com o Pet!

Vai viajar e não quer deixar o seu bichinho de estimação na casa de um familiar, vizinho ou em um hotel? Então preste atenção em algumas dicas para você transportar o seu fiel escudeiro com segurança e tranquilidade!


O que não fazer! 

 

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) não proíbe o transporte de animais dentro do veículo, mas são necessários alguns cuidados antes de submeter o seu pet a uma viagem para que você não seja multado em uma blitz. 

 

Não transporte o seu bichinho de estimação entre os braços e pernas, muito menos solto próximo aos bancos da frente. A infração para condutores que forem flagrados neste tipo de situação é considerada média e pode resultar em quatro pontos na carteira.

 

Também não é permitido transportar animais no bagageiro ou na parte de cima do veículo.  A multa para os motoristas que forem flagrados com animais na parte externa do carro é considerada grave. Além de resultar em cinco pontos na carteira o carro ficará retido para transbordo. Ou seja, uma verdadeira dor de cabeça e no bolso.

 

Formas corretas de transportar os animais

 

Após todos os alertas sobre o que não fazer, agora vamos te mostrar que sim, você poderá levar o seu pet para aproveitar as férias junto com sua família. Quer saber como?! Então preste atenção em três maneiras corretas de transportar cães e gatos:

 

1- Utilização do cinto de segurança canino: Apesar de ser desconfortável para o animal, o uso do cinto de segurança é uma das alternativas corretas para o transporte. Além de estar dentro do permitido, protege o pet e reduz impactos em casos de colisões.

 

2- Grade divisória: Caso o seu bichinho de estimação seja inquieto e não se adapte a utilização do cinto de segurança uma alternativa é a grade divisória. Com ela é possível separar os passageiros do animal.

 

3 - Caixa de transporte: A terceira alternativa é a utilização da caixa de transporte. Apesar de ser permitida para animais com até 50 quilos, alguns especialistas não recomendam a utilização em pets com peso acima dos 25.

 

O transporte de um animal de estimação é um ponto muito importante e que necessita de alguns cuidados que vão além das formas corretas e seguras de condução. Assim como um humano o seu pet pode enjoar durante a viagem. O mais adequado é que você o alimente três horas antes de sair de casa para não correr o risco dele passar mal.

 

A temperatura adequada do veículo é outro ponto que necessita de cuidado. Procure deixa-lá agradável para que o seu pet não fique inquieto. Nem muito quente, nem muito frio. Busque um meio termo, assim a sua viagem será tranquila e não causará problemas de saúde no seu bichinho.

 

Faça paradas durante o trajeto para que o seu animal de estimação possa caminhar, tomar água e fazer as necessidades fisiológicas. E não esqueça de levar a caderneta de vacinação! Após seguir todas essas dicas temos certeza que a sua viagem será tranquila. Siga todos os passos e boa viagem!

 

Últimos Posts

AVANCE DIGITAL