(51) 3340-2999 (51) 99311-2889
BLOG
Voltar

Vai tirar a carteira de motorista? Confira algumas dicas que preparamos para você!

Vai tirar a carteira de motorista? Confira algumas dicas que preparamos para você!

Um novo ano se iniciou e entre as metas dos brasileiros está presente a realização da Carteira Nacional de Habilitação. Se você tem esse objetivo presente na sua lista de desejos para 2020, fique tranquilo (a), a Plus Veículos vai te ajudar a realizar com maestria. 

Hoje em dia,  além de agilidade e independência a CNH pode também abrir novas oportunidades no mercado de trabalho. Pensando nisso, preparamos um guia prático para você. Pega a caneta e preste atenção nessas dicas!


Requisitos e documentação


Para a realização da Carteira Nacional de Habilitação o candidato deve ter 18 anos completos, possuir carteira de identidade, CPF e saber ler e escrever. Tendo preenchido todos os requisitos o requerente deve procurar um Centro de Formação de Condutores (CFC). É necessário ter em mãos cópias da carteira de identidade e CPF, além de comprovante de residência. 


Após a entrega da documentação e do pagamento da taxa de serviço que varia de acordo com a região onde será realizado, o candidato deverá se submeter a dois exames iniciais. O psicológico e o de aptidão física e mental. Somente após a aprovação dos profissionais cadastrados e indicados pelo Detran é que se poderá passar para as próximas etapas.


Exame teórico


Ao ser aprovado nos testes psicológico e de aptidão física e mental o candidato passará pelo curso teórico. Nele será submetido a 45 horas/aula com conteúdos determinados pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Durante as aulas aprenderá sobre às regras previstas no Código de Trânsito Brasileiro, direção defensiva, primeiros socorros, mecânica básica, meio ambiente e cidadania.


Ao concluir toda a carga horária necessária o candidato será submetido a uma avaliação. De acordo com o Departamento Nacional de Trânsito (Detran), existem duas modalidades previstas para a realização da prova teórica. A modalidade eletrônica e a impressa.


A prova eletrônica pode ser realizada em uma das oito salas de provas do Detran no Rio Grande do Sul, localizadas em Porto Alegre, Alegrete, Caxias do Sul, Ijuí, Passo Fundo, Pelotas, Santa Maria e Santo Ângelo. Caso o CFC que você esteja frequentando não possua vagas para provas eletrônicas, deverá pedir que ele solicite ao Detran uma vaga extra para você. Já a prova impressa poderá ser realizada nas salas de provas diretamente no CFC.


A prova:


1.1 Agendamento:


Para a realização da prova é necessário um agendamento feito pelo Centro de Formação de Condutores escolhido. Após a confirmação, o candidato receberá um comprovante que informará a data, o horário e o local do exame. 


No dia da realização da prova o requerente deverá portar o comprovante de agendamento e um documento de identificação. É importante lembrar que se você for realizar a prova na modalidade impressa deverá levar uma caneta esferográfica na cor azul ou preta. Não vai esquecer, tá?


1.2 Identificação


A identificação do candidato para a realização da prova acontece em dois momentos, biometria e documentação. A biometria é realizada no balcão de atendimento no momento que o fiscal chama individualmente os candidatos por ordem de chegada. Após a confirmação de identificação o candidato é liberado para aguardar na sala de provas. Caso você opte pela modalidade eletrônica será submetido a uma segunda identificação biométrica que acontecerá na estação de prova. Em caso de indisponibilidade do sistema de biometria o procedimento será realizado somente através de um documento de identificação.



1.3 Exame 


O candidato tem uma hora para realizar a prova. O exame teórico é aplicado por fiscais de provas ou examinadores de trânsito do quadro do Detran. O teste possui 30 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas onde apenas uma delas está correta. Você deverá acertar 21 das 30 questões. 


Atenção! Caso surja um imprevisto e você não consiga comparecer ao exame teórico, poderá solicitar ao CFC que cancele o seu agendamento. O cancelamento poderá ser feito até duas horas antes do horário da realização da prova. Se feito dentro do prazo não precisará pagar nova taxa para reagendá-lo.


É importante lembrar que existe outra situação que pode considerar um candidato ausente além do não comparecimento sem aviso prévio.  Trata-se da falta de confirmação da identificação do candidato através do documento ou biometria. Nesses casos será necessário o pagamento de taxa para o agendamento de uma nova prova.


1.4 Fui reprovado! E agora?


Caso você não atinja o número de acertos poderá realizar uma nova avaliação no prazo de 15 dias após a reprovação. A taxa do primeiro reteste tem valor reduzido pela metade, desde que o candidato realize o pagamento e agende o exame em até 30 dias, a contar da data da primeira reprovação. 


O requerente que optar pelo exame eletrônico poderá conferir o resultado no final da prova no site do Detran. Aqueles que optarem pela prova impressa poderão consultar o resultado no site do Detran ou no próprio CFC em aproximadamente cinco dias úteis após a realização. Haja ansiedade, né?!


1.5 Simulador de direção:


No simulador são realizados treinamentos onde os candidatos são submetidos a situações que não poderiam ser reproduzidas ou treinadas em vias públicas por questões de segurança. Através dessa experiência é possível fixar o conteúdo aprendido no exame teórico e realizar um primeiro contato com os comandos básicos do automóvel em diferentes situações como direção noturna em serras, rodovias, sob chuva, aquaplanagem e neblina. 


Exame Prático


Os exames práticos são realizados pelas comissões de examinadores de trânsito, e acompanhados pelos instrutores de trânsito dos CFCs. As provas acontecem em vias públicas, em locais que contemplem os requisitos técnicos estabelecidos pelo Detran e devidamente autorizados pelo Poder Público Municipal.



1.1 Agendamento



Assim como no exame teórico, a prova prática necessita de agendamento. O procedimento deve ser feito no CFC, o qual irá verificar a disponibilidade de datas dentre as oferecidas pelo Detran. É importante que o candidato observe o prazo de 24 horas úteis para o agendamento, assim como o pagamento da taxa e aluguel do automóvel de acordo com os valores publicados anualmente pelo Detran.


O candidato que não conseguir comparecer na prova prática deverá comunicar com até 24 horas antes do horário de realização do exame. Não tendo solicitado o cancelamento dentro do prazo previsto, será considerado ausente e precisará pagar uma nova taxa. Não queremos que isso aconteça com você. Por isso, preste bastante atenção! Se preferir pode colocar um lembrete em seu celular. Isso irá te ajudar a lembrar!


1.2 Prova


Após passar por diferentes etapas finalmente chegamos a prova prática. Para que tudo ocorra da melhor maneira possível preste atenção no horário e local da realização do seu exame e não esqueça de levar um documento de identificação. Nada de chegar atrasado, viu?!  


Algumas situações podem fazer com que você perca pontos durante o exame prático. Por isso, trouxemos alguns exemplos contidos no “GUIA DO CANDIDATO”, material elaborado pelo Detran RS.


Classificação das pontuações negativas:


Falta leve: 01 ponto negativo; 

Falta média: 02 pontos negativos;

Falta grave: 03 pontos negativos;

Falta reprovativa: 04 pontos negativos.


O candidato só será aprovado no exame se não cometer faltas que somem mais do que três pontos. 


Exemplos de faltas de acordo com o nível de gravidade:


I – Faltas Eliminatórias: 


a) Não respeitar a sinalização semafórica e de parada obrigatória; 

b) Avançar sobre o meio fio; 

c) Não colocar o veículo na área balizada, em no máximo três tentativas, no tempo estabelecido; 

d) Avançar sobre o balizamento demarcado quando do estacionamento do veículo na vaga;  (entre outras infrações)


II – Faltas Graves: 


a) Desobedecer à sinalização da via ou o agente da autoridade de trânsito; 

b) Não observar as regras de ultrapassagem ou de mudança de direção; 

c) Não dar preferência de passagem ao pedestre que estiver atravessando a via transversal para onde se dirige o veículo, ou ainda quando o pedestre não haja concluído a travessia, mesmo que ocorra sinal verde para o veículo; 

d) Manter a porta do automóvel aberta ou semiaberta durante o percurso da prova ou parte dela;  (entre outras infrações)


III – Faltas Médias: 


a) Executar o percurso da prova, no todo ou parte dele, sem que o freio de mão esteja inteiramente livre; 

b) Trafegar em velocidade inadequada para as condições do local, da circulação, do veículo e do clima;  

c) Interromper o funcionamento do motor, sem razão, após o início da prova; 

d) Fazer conversão incorretamente;  (entre outras infrações)


IV – Faltas Leves: 


a) Provocar movimentos irregulares no veículo, sem motivo justificado; 

b) Ajustar incorretamente o banco de veículo destinado ao condutor; 

c) Não ajustar devidamente os espelhos retrovisores; 

d) Apoiar o pé no pedal da embreagem com o veículo engrenado e em movimento;  (entre outras infrações)


Importante: Existem outros tipos de faltas que podem desclassificar um candidato. O material completo pode ser encontrado no Guia do Candidato no site do Detran RS.


Resultado do exame:


O resultado da avaliação prática será  informado imediatamente após o término do exame, na presença também do instrutor de trânsito responsável. Em alguns casos é  possível que o profissional tenha que tirar alguma dúvida ao final da prova, objetivando garantir que a avaliação tenha sido feita de forma correta. Nesse caso, o examinador pedirá que o candidato aguarde um momento até que se tenha certeza do resultado da avaliação.


Antes de encerramos é importante lembrar que o processo para a retirada da carteira de motorista não é tão fácil como você imagina. As responsabilidades são grandes e envolvem o bem estar de outras pessoas. Por isso, é fundamental que você aproveite ao máximo todo o processo de aprendizagem para sanar todas as dúvidas que tiveres. Nada de conversar ou utilizar celular durante as aulas. Todo o conteúdo será fundamental para o resultado positivo ao final das avaliações. De nada adianta tirar a carteira de motorista  se você não for responsável! Preste bastante atenção e busque ficar tranquilo. Você é capaz, boa sorte!


Fonte: Todo o conteúdo de embasamento para a elaboração deste texto pode ser encontrado no “Guia do Candidato” feito pelo Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul. Para ter acesso ao material completo acesse aqui!

Últimos Posts

AVANCE DIGITAL